Cultive a felicidade

“Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. E você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.

Ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e período de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a cada manhã pelo milagre da vida. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com o cônjuge.

Ser feliz é deixar a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”. Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz . . .

E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo. Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida. E descobrirá que . . .

Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência. Jamais desista de si mesmo. Jamais desista das pessoas que você ama. Jamais desista de ser feliz!”

(Internet)



- Mas, para que tudo isso seja bem cultivado, JAMAIS DESISTA DE TER DEUS, o qual garante: “Feliz o homem que me dá ouvidos. Porque o que me acha, ACHA A VIDA”. Pv. 8.34,35.

- Pastor Alaor

Publicado originalmente no boletim informativo da CELC/SP - nº369

Cristo nos corações

O apóstolo Paulo segue um roteiro interessante na sua Epístola aos Efésios. Primeiramente, ele medita sobre a riqueza das bênçãos de Deus, em Cristo, o que o motiva naturalmente à oração. Depois, prossegue desenvolvendo o seu grande tema sobre o propósito de Deus em Cristo, ao falar da surpreendente graça divina, que traz nova vida aos pecadores penitentes, independentemente de raça, cor e posição social. A sua expressão destes grandes fatos, os quais possuem uma importância prática para a vida, leva-o naturalmente a orar de novo, dizendo: “Peço também que, por meio da fé, Cristo viva no coração de vocês. E oro para que vocês tenham raízes e alicerces no amor, para que assim, junto com todo o povo de Deus, vocês possam compreender o amor de Cristo em toda a sua largura, comprimento, altura e profundidade.”

Alguém disse que, a nossa vida é controlada por aqueles que moram dentro de nosso coração. Certa vez, uma revista em quadrinhos publicou ilustrações que apresentavam os diversos moradores de um coração incrédulo. As forças negativas estavam representadas por animais. O pavão representava o egoísmo; o porco, a glutonaria; a cobra, a falsidade; o tigre, o ódio; o sapo, o mexeriqueiro; e o bode, a provocação. Quem tiver tais moradores em seu coração, certamente só poderá produzir o mal e ficar afastado de Deus. E, na verdade, por nascimento, todos nós somos assim. É necessário Deus intervir e fazer um despejo radical, para que um novo habitante tome posse em nosso coração.

“Cristo viva no coração de vocês.”

E o apóstolo Paulo apresenta este novo morador: “Cristo viva no coração de vocês.” Cristo deve habitar em nossos corações, pela fé, e então, por meio de um firme fundamento de nossas vidas em amor, poderemos seguir em direção a um entendimento de Deus cada vez mais profundo. Quando Jesus vem habitar em nossos corações, ele expulsa todas as coisas ruins, purifica o nosso interior e toma conta de nossa vida. Portanto, a habitação de Cristo no coração significa não apenas poder, mas também pureza, sabedoria, humildade, paz, inspiração e amor.

Quem e o que está dirigindo a minha e a sua vida? - Que Deus Espírito Santo sempre habite em nosso coração, nos fortaleça na fé e nos dê entendimento da Sua Santa Palavra, garantindo-nos a vida verdadeira, aqui e na eternidade. Por Cristo Jesus. Amém.

- Pastor Alaor

Publicado originalmente no boletim informativo da CELC/SP - nº368