Um grande servo de Deus

ERA UMA VEZ ...

... um homem que quis ser padre para entregar-se integralmente a Deus. Mas, mesmo sendo padre, não encontrou aquela paz de espírito que esperava e que tanto queria. Então, começou a estudar muito a Bíblia. E assim ficou sabendo que Deus enviou o seu Filho Jesus Cristo para a terra, a fim de sofrer e morrer pregado numa cruz, para conseguir perdão aos pecados de todos os homens, mulheres, jovens e crianças. Ele também aprendeu que Deus nos leva para o céu e nós não precisamos pagar nada.

Deus só quer que confiemos e amemos a Jesus como nosso Salvador pessoal.

Luther with tonsure | Domínio público | Lucas Cranach, o Velho - Luther.de
Então, este homem escreveu uma carta e pregou-a na porta de uma igreja, lá na Alemanha, no dia 31 de outubro de 1517. Todos os que liam este documento ficavam sabendo que eles não deveriam confiar em outras coisas em lugar de confiar em Deus. Muitos conhecidos deste homem ficaram zangados, pois não queriam que o povo soubesse que Jesus é o único que pode salvar os pecadores. Mas ele sabia que estava certo, pois a Bíblia assim ensinava.

Sua convicção de que a Bíblia é a Palavra de Deus e de que seus ensinamentos são corretos e verdadeiros, fez com que ele se tornasse adversário de muitos.

Daí ele deixou de ser padre e ficou sendo um grande pregador e defensor da Palavra de Deus. Seus inimigos quiseram matá-lo, mas Deus sempre o protegeu e lhe providenciou novos amigos. Destarte, ele pode traduzir a Bíblia para a língua de seu país e também escreveu catecismos, para ajudar as crianças e adultos a conhecer melhor o amor de Deus. Fez, ainda, vários hinos para serem cantados, dentre os quais um se destaca até hoje: “Castelo Forte é o nosso Deus”.

E, com o auxílio de Deus, ele continuou pregando e testemunhando a respeito de Jesus nas igrejas, palácios, escolas e lares, até aos 62 anos de idade, quando morreu confessando a fé pela qual havia arriscado sua vida. Os ensinamentos deste homem se espalharam por todo o mundo. Você sabe como é o nome deste grande servo de Deus?

MARTINHO LUTERO

31 de outubro de 2014 = 497º. Aniversário da Reforma

”O justo viverá por fé.” Rm. 1.17

Sola Gratia! Sola Fide! Sola Scriptura!

- Pastor Alaor

Publicado originalmente no boletim informativo da CELC/SP - nº370

Cultive a felicidade

“Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. E você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.

Ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e período de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a cada manhã pelo milagre da vida. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com o cônjuge.

Ser feliz é deixar a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”. Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz . . .

E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo. Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida. E descobrirá que . . .

Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência. Jamais desista de si mesmo. Jamais desista das pessoas que você ama. Jamais desista de ser feliz!”

(Internet)



- Mas, para que tudo isso seja bem cultivado, JAMAIS DESISTA DE TER DEUS, o qual garante: “Feliz o homem que me dá ouvidos. Porque o que me acha, ACHA A VIDA”. Pv. 8.34,35.

- Pastor Alaor

Publicado originalmente no boletim informativo da CELC/SP - nº369