Cancelamento de cultos em função da Pandemia do Coronavírus

O altar da nossa comunidade jamais ficará vazio.
O altar da nossa comunidade jamais ficará vazio.

Queridos irmãos em Cristo,

Como presidente da Comunidade Evangélica Luterana de Nova Odessa / São Paulo, cabe a mim tomar a difícil decisão de cancelar os cultos que seriam realizados em 21 de março de 2020 (sábado) e 5 de abril de 2020 (domingo).

O motivo já deve ser de conhecimento de todos: a Pandemia do Coronavírus que vem se alastrando por todos os continentes. Os sintomas da doença, embora semelhantes aos de resfriados e gripes comuns, podem se agravar principalmente entre as pessoas com mais de 60 anos, levando uma parte delas ao óbito.

Sabemos que nossa comunidade possui muitos membros nesta faixa etária e, atendendo à orientação das autoridades municipais, estaduais e federais, vamos evitar as aglomerações, pois é em função do contato próximo entre as pessoas, a menos de um metro de distância, que o vírus se propaga.

Nestes dias de Quaresma, onde lembramos das tentações sofridas por Cristo, não é hora de desafiar a fé das pessoas, como certas entidades estão fazendo, pensando unicamente no recolhimento sistemático do dízimo. Nossa preocupação não é essa. Nossa preocupação é com a saúde das pessoas.

Obviamente, porém, necessitamos da manutenção das doações para manter as contas da nossa comunidade em dia. Para aqueles que desejarem fazer contribuições neste sentido, informamos a conta corrente da comunidade a seguir:

Comunidade Evangélica Luterana de Nova Odessa
CNPJ 19.971.896/0001-84
Caixa Econômica Federal (104)
Código da Agência: 1937
Operação: 003
Conta Corrente: 00001740-1

Os cultos ministrados na Congregação Concórdia Moema são transmitidos ao vivo pela Internet, de modo que solicitamos que prestigiem o esforço de nossos pastores em manter a propagação do Evangelho. Anote os canais:

Facebook: https://www.facebook.com/congregacaoconcordia/

YouTube:  https://www.youtube.com/concordiamoema/  

As transmissões ocorrem todos os domingos, às 9 horas da manhã.

Leia a seguir, a mensagem que recebemos do Pastor Alaor, a respeito deste comunicado:

"Bom dia, Jean!  Lamentando por essa inusitada situação, mas reconhecendo que é uma prudente resolução, agradeço em nome da Norma e meu a consideração e o cuidado que vocês têm para conosco. Vamos continuar unidos em espírito e orações, rogando a Deus por Sua intervenção, socorro e assistência global.

"Mas tu, ó Deus, vês e percebes o sofrimento e a tristeza e sempre estás pronto para ajudar. Os que não podem se defender confiam em ti;  tu sempre tens socorrido os necessitados."  
(Sl. 10.14).

Abraços e Deus os proteja e guarde.Vamos nos comunicando."

Assim que tivermos mais informações, comunicaremos em atualizações nesta postagem.

Atenciosamente,
Jean Tosetto (17 de março de 2020)

Se tiver que ceder, que seja eu!

A Descida da Cruz" (1634), pintura de Rembrandt  (1606–1669) exposta no Museu Hermitage em São Petersburgo, Rússia.
"A Descida da Cruz" (1634), pintura de Rembrandt  (1606–1669) exposta no Museu Hermitage em São Petersburgo, Rússia.

Há situações na vida que enfrentamos conflitos de ideias e de ações. Isso acontece na família, no trabalho, na igreja, nas amizades e em todos os nossos relacionamentos.

Quando o conflito acontece, chega o momento do impasse, quem irá ceder? Você tem a disposição em ceder, em evitar o conflito por amor? Ou você é irredutível, enfrenta tudo e todos, mesmo que o preço seja alto? Como você lida com esses impasses?

O conselho que ouvimos no livro de Lamentações é complicado de se aplicar, porém muito necessário: “Quando somos ofendidos, não devemos reagir, mas sim suportar todos os insultos” (Lm 3.30).

A palavra de Deus revela que o ser humano entrou em conflito com Deus quando desobedeceu a sua ordem e caiu em pecado. A partir desse momento, se afastou do Criador, que é o princípio de tudo e a fonte da verdade, e buscou em si forças para tentar resolver os seus próprios problemas.

Por causa do orgulho, nunca voltaríamos para Deus, nunca cederíamos. Contudo, alguém tinha que ceder. Incrivelmente, foi Ele quem cedeu em nosso favor.

Mesmo não precisando, foi Deus quem cedeu e pagou o preço doloroso para nos trazer para perto de si. O preço não foi baixo, mas a vida do seu próprio Filho, Jesus Cristo, que foi maltratado e condenado por aqueles que estavam errados.

Só pela fé em Jesus Cristo que teremos condições de enfrentar as situações conflituosas que vivemos diariamente.

Se você está passando por um momento assim, gostaria de convidá-lo a participar do Projeto Amai-vos. Os encontros têm o objetivo auxiliá-los a vivenciar esses momentos com o auxílio do Espírito Santo.

Aproveitem as oportunidades para diminuirmos os conflitos que vivenciamos em nossas vidas.

Sabemos que não é fácil ceder, mas se tiver que ceder que seja eu! A vida eterna do meu próximo é muito mais importante do que vencer uma discussão ou machucar alguém através de nossas palavras. Pense nisso!

Oração: Senhor, coloque em meu coração a humildade de ceder nos momentos certos e suportar os insultos em amor ao próximo. Em nome de Jesus. Amém! 

Pastor Matheus Schmidt
(11) 99591-5161

Publicado originalmente no boletim "Informativo Concórdia" nº 29 em março de 2020.