O que ficou para trás?

Comunidade rural do Rio Grande do Sul (circa 1950): fotografia de autor desconhecido pertencente ao acervo da Família Mantei.
Comunidade rural do Rio Grande do Sul (circa 1950): fotografia de autor desconhecido pertencente ao acervo da Família Mantei.

A minha mãe foi professora e lecionou muitos anos na Escola Municipal e na Escola Paroquial lá em Sertão, Mata/RS. Tive o privilégio de ser alfabetizado e cursar com ela o Primário, conforme classificação da época. E não só aprendi a ler e a escrever com ela, como também por ela e por meu pai recebi as primeiras instruções da palavra de Deus. Mas lembro-me igualmente que tanto ela quanto meu pai se preocuparam em me orientar também sobre a importância de poupar, presenteando-me um cofrinho de madeira que guardo até hoje, e no qual ainda preservo várias moedas antigas. Na medida em que a gente vai crescendo percebe-se melhor a filosofia do poupar e a própria vida acaba nos exortando a olhar para o futuro, intelectualmente falando, para chegar a ser alguém.

Tudo isso foi bom. Mas a Bíblia Sagrada diz que devemos parar e perguntar qual é o melhor caminho a seguir. Ela também nos avisa que um dia nós estaremos diante da Presença do Senhor a quem teremos de prestar contas. Então, nesse iniciar de um novo ano creio que é o tempo oportuno para refletirmos e meditarmos um pouco mais sobre O QUE FICOU PARA TRÁS?

A vida não estaciona e continuamente mostra-nos o que somos, o que fazemos, o que dizemos e o que deixamos de fazer ou de dizer. Como será que tem sido nossas ações, boas ou más? As Escrituras Sagradas nos advertem, afirmando que “o que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá” (Gl.6.7).

Na verdade tudo o que se relaciona com esse mundo, por ser passageiro, aqui ficará. Por isso mesmo devemos lhe dar apenas o valor que merecem. E não imitar, por exemplo, a atitude daquele moço rico que fez do seu coração um armazém de dinheiro, não deixou lugar para o Redentor Jesus... “e foi embora” (Mt.19.22). Os próprios atos e pensamentos conduzem as pessoas à destruição física e espiritual.

Mas na retaguarda da vida há um Deus grande e amoroso. Grande em paciência porque continua sempre a espera que o homem se arrependa dos seus pecados, abandone os maus caminhos e volte-se para Ele. Grande em amor porque enviou o Seu próprio Filho para salvar a humanidade e o Espírito Santo para santificar a sua Igreja.

Sim, por detrás da nossa vida há um Pai amoroso que deseja o melhor para nós e espera pacientemente o nosso regresso ao lar. Se porventura temos inadvertidamente nos afastado da presença de Deus e deixamos de honrar os votos de fidelidade que fizemos no Altar do Senhor, hoje é o dia e AGORA é o momento de regressarmos e de nos reconciliarmos com Ele.

No começo deste novo ano, procuremos dar uma olhada ao passado, escutar a voz de Deus e, arrependidos pelos erros cometidos, voltar a segui-lo fielmente para sempre. Veremos que a nossa vida mudará e se transformará por completo. E então poderemos exclamar e cantar alegremente com o salmista: “Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver. E na tua casa, ó Senhor, morarei todos os dias da minha vida” (Sl.23.6).

- Pastor Alaor Güths dos Santos

Publicado originalmente no boletim "Notícia e Informações da Igreja Luterana de Moema" nº17 em janeiro de 2019.

Luteranos de Nova Odessa fazem doações para o Instituto Ingo Hoffmann

A mesa de presentes arrecadados entre os luteranos de Nova Odessa e região.
A mesa de presentes arrecadados entre os luteranos de Nova Odessa e região.

No sábado, dia 15 de dezembro de 2018, a comunidade luterana de Nova Odessa se reuniu para mais um culto de louvor ao Senhor. Porém, desta vez, a programação no templo foi estendida para um jantar de ação de graças, cujo ingresso era uma doação de presente natalino, que poderia ser um brinquedo, um livro, uma roupa, entre outras opções que usualmente escolhemos para presentar quem a gente já conhece.

A diferença é que o presente seria dado para alguém desconhecido: um membro de alguma família hospedada no Instituto Ingo Hoffmann no Distrito de Barão Geraldo em Campinas. Estas famílias possuem em comum uma criança sendo tratada no Centro Infantil Boldrini, que combate o câncer e doenças do sangue. Em geral são famílias sem condições de pagar aluguel em Campinas para acompanhar pacientes tão especiais. São pessoas que vem do Brasil inteiro nestas condições.

Além das doações, cada um deveria trazer também alguma bebida para consumo próprio. Já as pizzas seriam pagas diretamente pelo caixa da Igreja Evangélica Luterana de Nova Odessa. Num estimativa superficial, acredita-se que o valor das doações somadas tenha superado em mais de oito vezes os custos da promoção do evento.

Um carro utilitário teve seu bagageiro e banco traseiro lotado de pacotes e embrulhos. No dia seguinte, numa manhã de domingo ensolarada, o veículo estacionou na portaria do Instituto Ingo Hoffmann, fundado em 2005 pelo maior vendedor do automobilismo em pistas brasileiras - o próprio Ingo Hoffmann, doze vezes campeão da Stock Car.

De acordo com o site Terceiro Tempo, as instalações do Instituto Ingo Hoffmann contam com "30 chalés, divididos em 10 vilas, construídos em um terreno cedido pelo Boldrini com mais de 6000m², localizado ao lado do edifício da Radioterapia do hospital, em Campinas/SP. Além das acomodações, o local possui sala de aula, brinquedoteca, biblioteca, refeitório, lavanderia e um quiosque para cursos temporários de culinária e para lazer dos abrigados".

Este é o terceiro evento beneficente promovido pela Igreja Evangélica Luterana de Nova Odessa: o primeiro ocorreu no fim do segundo semestre de 2017 e reuniu doações para o Centro Infantil Boldrini. Já ao término do primeiro semestre de 2018, a noite da pizza arrecadou fundos para a reconstrução da Igreja Martin Luther, seriamente danificada com o desmoronamento provocado por um grande incêndio num edifício público ocupado irregularmente no centro de São Paulo.

Agradecemos a todos que prestigiaram esta iniciativa e deixamos o convite aberto para quem desejar colaborar nas próximas edições dos jantares beneficentes dos luteranos em Nova Odessa, cuja programação cultos está disponível aqui.

Este forno aquece pizzas e corações.
Este forno aquece pizzas e corações.

Jean e Edinho: os pizzaiolos da ocasião.
Jean e Edinho: os pizzaiolos da ocasião.

O salão comunitário da igreja ficou repleto de amigos no início da noite de sábado.
O salão comunitário da igreja ficou repleto de amigos no início da noite de sábado.

A Palio Weekend Adventure abre mão da aventura no fim de semana para servir a uma ação social.
A Palio Weekend Adventure abre mão da aventura no fim de semana para servir a uma ação social.

O voluntário João recebe as doações para o Instituto Ingo Hoffmann.
O voluntário João recebe as doações para o Instituto Ingo Hoffmann.

Este lugar oferece acolhimento e esperança para famílias de todo o Brasil.
Este lugar oferece acolhimento e esperança para famílias de todo o Brasil.